BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 9 de jun de 2010

    ALGUNS QUESTIONAMENTOS DOUTRINÁRIOS



    ESTIMADO HESSEN

    Há algum tempo relatei alguns fatos de minha vida, hoje retorno solicitando ajuda. Já faz quase seis meses que eu e alguns amigos criamos um grupo de estudos espíritas em minha cidade, pois aqui não existe Centro Espírita. Fazemos o evangelho e logo em seguida comentamos trechos das obras básicas de Alan Kardek.
        Quando nos estamos reunidos e estudamos juntos ao término de nossa reunião me sinto bem, alegre e com a mente leve, mas geralmente quando faço estudos em casa ou leio alguma obra espírita ou uma simples reportagem espírita FICO COM A MENTE MUITO PESADA ÁS VEZES CONFUSA, FICO AGITADO SINTO  VONTADE DE VOMITAR PARECE QUE VOU ENLOUQUECER. Para passar tudo o que sinto tenho que parar a leitura ou atividade espírita que estou fazendo por algum tempo e só então retornar.Passo alguns dias sem sentir nada, mas logo os mesmos sintomas voltam. O que está acontecendo? Peço encarecidamente ajuda a todos.
       
        Os meus discípulos serão conhecidos por muito se amarem...
       
        Fique em paz


    Prezado V.....

              Ao analisar o que descreveu podemos concluir que durante o estudo com o grupo você sente-se protegido..  Uma certeza existe o grupo fortalece o seu íntimo. Mas podemos ponderar que possa haver uma influência  espiritual ou até mesmo auto-sugestão de que ao fazer um estudo sozinho ou prece venha a atrair  sintomas perturbadores. Por quê?. O ensinamento do Cristo é muito claro quando reunir  em meu nome Eu estarei. Desejo  que vocês venham a fundar um Centro para futuramente  solidificar trabalhos naturais  que possam ajudar nos estudos, nas experiências  normais  das hostes espíritas. Victor não podemos desanimar diante das dificuldades, o desalento esmaece a perseverança . A oração sentida,sincera e vivida robustece qualquer coração. Não há trevas que suporte a busca honesta da luz. Continue envidando esforços no estudo sistematizado da Doutrina. Aprecie com reflexão sobre o quanto o mundo espiritual nos coordena, senão Kardec não diria que a influência dos espíritos era tão grande que á priori são eles que nos dirigem. Não costumo sintetizar que tudo são influências espirituais mas no seu caso   evidencia  mesmo porque o afasta do estudo , da busca do conhecimento mediúnico. Então, estude com afinco e vença . Permaneça na paz do Cristo. Abraços Jorge Hessen
     



        Caro irmão fraterno Jorge Hessen,
         
        Há algum tempo acompanho sua trajetória   de divulgação e esclarecimento da doutrina espirita.  Sou grato por tudo isso.
        Concernente aos espiritas  sem convicção e de pouco conhecimento, minha preocupação  maior é  nos  dirigentes de Casas Espíritas que desconhecem as obras da codificação.
        Amai-vos e Instrui-vos. INSTRUIR-SE é fácil, desde que se proponha estudar. Já o  AMAI-VOS é mais dificil, pois  muitos se dizem espíritas, mas não o são 100%, em todos os momentos e em todos os lugares, como você . com enorme propriedade diz.
        Nos vários cursos, a maioria quer ser Médium de Cura, esquecendo-se da importância da Médiunidade de Sustentação. Alguns companheiros afirmam, eu nao tenho mediunidade, pois nada vejo, nada ouço, nada percebo, etc, etc, numa gigantesca falta de fé.
        Nessas ocasiões informo que também nada vejo, nada escuto, etc, etc, mas  que ainda assim  devo continuar a luta para ampliar o saber. Nessas de 7 décadas como Derly, minha luta sempre foi a mesma: - procurar obras destinadas a ampliação de meus conhecimentos. Leio de tudo, procurando assimiilar as obras importantes, conforme meu livre-arbítrio. Hoje, com o advento da Internet, esse trabalho tornou-se mais fácil. São inúmeros sites, dentre esses o seu, onde me oriento naqueles cujo saber está acima dos meus parcos conhecimentos.  Claro que as dúvidas existem, pois estamos aqui por sermos imperfeitos, lutando para atingir outra escala evolutiva. 
    Abraços, do D....



    Caro D...

      O equilíbrio perfeito ainda estamos muito longe mas isso não nos impede de dar continuidade ao nosso trabalho e perseverar  no bem. Nessas quase 6 décadas que estou  como Jorge e mais de trinta consagrado ao conhecimento espírita aprendemos que muito será pedido a quem muito foi dado. realmente o amor ainda é um diamante bruto , porém estamos burilando no dia a dia do trabalho purificador. lamentável que o ego ainda predomine  em nossos ambientes espíritas , ninguém dá o que não tem. Respeitemos cada um e sigamos em frente convictos de que responderemos pelas nossas obras e como disse nosso inesquecível Chico: o testemunho é extremamente solitário , ninguém pode substituir-nos. Conviver é um processo auto-educativo, então vamos  auto-evangelizarmos para uma convivência cristã.
    Um grande abraço
    Jorge Hessen