BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 25 de jul de 2010

    EXISTE UM EX-ESPÍRITA?

     
     
    Prezado confrade Jorge Hessen,

    Dentre seus vários textos, pergunto-lhe: há algum que fale da inviabilidade
    de alguém ser um ex-espírita?

    Abraços fraternos,
    H.......


    Prezado H.........

     Esse é um tema que nunca escrevi porque sinceramente tenho uma concepção de que alguém que se afirme ex-“espírita”, jamais conheceu Espiritismo.  A razão é clara: pois quando pautamos por uma fé raciocinada, adentramos na mais ampla  noção  Denisiana (Leon Denis)sobre o problema  do ser do destino e da dor. Compreendemos a lição do sofrimento,  compreendendo  que buscar Deus  significa encontrá-lo dentro de nós mesmos! Destruímos todos rituais para viabilizar essa comunhão com o Criador. Dimensionamos o conceito de fé através de um elo verdadeiro e permanente com o Supremo Senhor de nossas vidas. Internalizamos a consciência de que somos juízes de nós mesmos e vislumbramos a lei de causa e efeito.
    Acreditamos na comunhão e intercâmbio com os “mortos” (espíritos), temos ciência absoluta sobre a pluralidade da  existência  humana através da  reencarnação o que remete a resposta lógica da vida. Nesse sentido sabemos  porque Deus é justo em vista de tantas diversidades no mundo e acreditamos que existem muitos amigos espirituais que estão torcendo por nós e nos ajudando a superar as nossas dificuldades.
    Desta forma,  meu amigo,  com uma lógica existencial que nos possibilita ainda que caminhando entre mil obstáculos viver tranquilo e sereno,  não podemos acreditar que alguém com esse tesouro imenso de verdades divinas  possa  simplesmente esquecer (jogar literalmemnte no lixo) e fazer outra opção religiosa. OBVIAMENTE  é porque nunca estudos os fundamentos doutrinários e JAMAIS foi adepto da Doutrina Espirita  na vida.
    Concorda?
    abraços
    Jorge Hessen