BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 21 de jul de 2010

    MINHA OPINIÃO SOBRE NELSON MANDELLA



    Boa noite Sr. Jorge!

    Desculpe se atrapalhei a tarde quando estava on line. Tenho certeza que necessita de muita atenção para trabalhar. Na verdade gostaria de indicar caso ainda não tenha assistido, o filme Invictus, abaixo mais informações. Considerei muito motivador! Também a idéia de que existem espíritos missionários que nem sempre possuem a pureza de Chico. Isso porque o curriculum amoroso de Mandela não é o dos menos extensos rsrsrsrsr (desculpe a gracinha).

    Grande abraço /
    C........


    Estimada C...............

    Realmente o filme retrata a vida de um homem admirável e para nosso privilégio , um nosso contemporâneo. Talvez até mesmo não seja de uma estirpe tão elevada como de nosso querido Chico Xavier, mas sem sombra de dúvida Mandela é um homem profundamente espiritualizado que traz no âmago os ensinamentos cristãos. Somente uma alma nobre sairia de uma prisão de quase trinta anos e com os elevados propósitos de unir uma nação.
    O perdão liberta a alma e disso lembra o líder sul-africano no filme. Teve a sensibilidade de perceber no esporte hugby (aliás, para mim um tanto esquisito), uma identidade nacional e lutou como instrumento que tinha nas mãos e com suas palavras persuasivas.
    Pronunciou frases magistrais: " Dentro da noite que me rodeia negra como um poço lado a lado eu agradeço aos deuses que existem por minha alma indomável."
    "Nas garras cruéis das circunstâncias eu não me entrego ou me desespero sob os duros golpes da sorte."
    "Minha cabeça sangra mas não se curva aqui nesse lugar de raiva e choro sob o horror das sombras."
    "Ainda que a ameaça do tempo vai ocorrer deve achar-me destemido pois o que importa é o tamanho da coragem porque eu sou dono da minha terra , eu sou capitão do meu destino."
    Bastou palavras tão significativas para fortalecer o capitão da seleção nacional, que influenciado por aquela força moral do "ex-terrorista" foi capaz de contaminar positivamente o resto do time.
    Palavras convencem mas exemplos arrastam. O filme não explora a vida pessoal do presidente, mas sabemos que ele ao sair da prisão encontrou a esposa envolvida com outro companheiro. É humano e compreensível que ele tenha se casado com outra mulher. Aliás o filme mostra-o sofrido com a questão familiar , sendo que esta não conseguia entender suas generosidades o seu desprendimento.
    Podemos afirmar que personalidades como de Nelson Mandela não são espíritos comuns, ao contrário disso são almas que irradiam algo sobre-humano, mais do que os objetivos corriqueiros. Esses espíritos trazem nas suas experiências conquistas que a maioria dos seres humanos ainda não conseguiu despertar. São almas que acumularam os tesouros do amor, em que traças e ferrugens não consomem e ladrões não roubam.
    Um grande abraço .
    Fique com Deus.
    Jorge Hessen