BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 17 de mai de 2011

    VENDILHÕES O TEMA CONTINUA...


    CÍCERO SIMÕES


    Prezado Jorge
     Voltaire escreveu:. Pode ser que não estejamos de acordo com as idéias dos outros, mas devemos estar dispostos a morrer para defender a liberdade de todas as idéias.Isso defendido  a nível filosófico,imagine na religioso Meu Deus não vou elencar o tom truanesco que o cidadão ,se assim possamos denominá-lo ,vociferou a respeito de conteúdos que parecem mexer totalmente o psiquismo dessa criatura. Em psicologia temos um fator chamado pelos formados no assunto de projeção. Projetamos no próximo em muitas circunstâncias aquilo que alimentamos na alma . 
    Você uma figura opaca preocupado com as luzes de algum espetáculo? Imagine que se quisesse estrelato estaria escrevendo algo que agradasse a todos  e naturalmente engrossando fileiras dos que repletam  eventos de  palavras mas baldos de verdadeiras idéias.Creio que um verdadeiro olhar possamos enxergar uma situação triste para o futuro espírita. ZZZ sempre foi um ícone internacional e principalmente para o Espiritismo no Brasil então para mim vejo com muito pesar a opção da espetacularização da fé, o show, a enorme preocupação com megaeventos e por incrível que possa parecer  uma justificativa ao injustificável. :um Espiritismo para os ricos  e outro para os pobres.

    Vejo com muito pesar esses caminhos que o movimento espíritou tomou em função de dirigentes preocupados em ter e não ser. Ter quantidade em detrimento da qualidade, o show não pode parar Parece estar competindo com outras fileiras religiosas.O profano insinua-se no divino como ensinou Bezerra de Menezes que aliás antes de escrever a você li uma mensagem dele por intermédio de ZZZ e faz a seguinte pergunta que todos nós diariamente devemos fazer. O que um amigo de Jesus faria em todas as circunstâncias? Vejo que há uma distância ilimitada entre a teoria e a prática porque um verdadeiro amigo de Jesus não pode endossar um Espiritismo para os ricos e pobres, não pode achar normal um evento a um preço de 1600,00 em hotel 5 estrelas e invocar a lembrança pulcrita de Chico para embasar o absurdo.
    Com alegria analiso tudo o que escreve vêm corroborar  você fez a opção correta não deixou-se levar pelos encantos e cantos das sereias de toda ordem, chega no planeta de transição e não aceita a mensagem silenciosa da suntuosidade e da vaidade desmedida, então apenas nos resta   exorar ao Senhor que o conserve assim. 
    Um forte abraço 
    Cícero