BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 30 de ago de 2009

    CIRURGIA ESPIRITUAL


    Marcelo: GOSTARIA DE FAZER UMA CIRURGIA ESPIRITUAL TEM COMO ME AJUDAR?

    Jorge Hessen: Qualquer pessoa que se negue a prestar ajuda a um irmão não tem Jesus como Modelo e Guia, pois que todo o Seu ministério é o maior exemplo, para toda a Humanidade, de “amor ao próximo”.

    A ajuda que eu lhe posso prestar diz com tudo aquilo que o Espiritismo nos esclarece sobre esse assunto, na crença nos Espíritos, na possibilidade de agir sobre a matéria, mas nada de sobrenatural ou maravilhoso.

    “Médiuns Curadores – Esse gênero de mediunidade consiste, principalmente, no dom que certas pessoas têm de curar pelo simples toque, pelo olhar, por um gesto mesmo, sem o socorro de nenhuma medicação. Dir-se-á, sem dúvida, que isso não é outra coisa do que o magnetismo. É evidente que o fluido magnético desempenha aqui um grande papel; mas, quando se examina esse fenômeno com cuidado, pode-se reconhecer, sem esforço, que há alguma coisa a mais. A magnetização comum (os passes) é um verdadeiro tratamento continuado, regular e metódico. A intervenção de uma potência oculta, que constitui a mediunidade, torna-se evidente em certas circunstâncias, sobretudo, quando se considera que a maioria das pessoas que se pode, com razão, qualificar de médiuns curadores, recorre à prece, que é uma verdadeira evocação.” (Em O Livro dos Médiuns)

    Portanto, meu irmão, como não sou médium curador, e, como esse dom não pode ser transmitido de uma pessoa para outra, recorro à prece em seu favor e o aconselho a procurar um Centro Espírita sério, isto é, o Centro que siga, rigorosamente, o que Allan Kardec escreveu, numa linguagem simples, nos livros da Codificação, para um tratamento espiritual, sem dispensar, obviamente, o tratamento material. “A vontade é o atributo essencial do Espírito, quer dizer, do ser pensante. Com ajuda dessa alavanca, ele age sobre a matéria elementar e, por uma ação consecutiva, reage seus compostos, cujas propriedades íntimas podem assim ser transformadas.” (Em O Livro dos Médiuns)


    Que Deus o abençoe!

    Jorge Hessen