BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 24 de nov de 2009

    SOBRE A DESOBSESSÃO




    Natália: Li seu artigo na net "Não existe desobsessão sem base de renovação moral", e achei que tratou de forma clara sobre a desobsessão. Achei que muitas coisas que você disse coincidem com o que sinto. Gostaria de saber se você conhece algum centro no Rio de Janeiro que seja sério, com médiuns preparados para me ajudar. Sei que a cura também depende do paciente e talvez aí se encontre o obstáculo mais difícil de transpor, já que quando os pensamentos insistem parece que fico por um tempo achando que seria impossível pensar de modo diferente. Acredito em Deus mas como sei que para merecermos o bem precisamos fazer por onde, os pensamentos negativos atacam, dizendo-me que eu não conseguirei fazer o que é certo aos olhos de Deus, que eu só conseguiria fazer aquilo que não é moralmente correto... enfim, sofro disso há 6 anos. e como você disse em seu artigo, os antidepressivos melhoram os sintomas, mas não a causa. Hoje, quero chegar a causa e me curar. Você me aconselha algum médium que seja sério e procure fazer o bem?


    Muito obrigada,


    Natália






    Jorge Hessen: A cura da obsessão depende não só do tratamento espiritual, mas, principalmente, do obsidiado, com mudanças de comportamento. Devemos pensar na maturação da consciência, aprimorando os sentimentos e vigiando os pensamentos. Somos seres capazes de expandir a nossa fé em Deus e no Mestre Jesus, desde que acreditemos, também, na essência sagrada que existe em nós, pois, sem crença alguma, envolve-nos o pessimismo e seremos vítimas de nós mesmos.


    Se você, minha irmã, tem o firme propósito de se curar, espiritualmente, por que atribuir a um médium a solução dos seus problemas? Procure ler os livros da Codificação e, ao mesmo tempo, entre em contato com a Federação Espírita Brasileira – FEB, para que lhe informe um Centro Espírita sério e mais próximo de sua residência. Um vez encontrando o seu “porto seguro”, dê início a um tratamento espiritual.


    Concomitantemente a essas providências, faça o Evangelho no Lar, uma vez por semana, sempre no mesmo horário, e verá, não tão distante, a cura definitiva para seus males.


    Fique na Paz de Deus!


    Fraternalmente,


    Jorge Hessen