BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 2 de jan de 2010

    VISÕES


    Drika: Ola, meu nome é Drika, eu tenho 18 anos de idade e desde criança eu vejo, sinto coisas, mais sinto do que vejo hoje em dia!
    Já cheguei até ouvir coisas!
    Depois que eu cresci, essas sensações tiveram um aumento muito grande principalmente esse ano de 2009 que completei 18 anos!
    Eu consigo sentir coisas, saber o que vai acontecer; sabe, só não consigo saber com quem vai acontecer, se eu sentir algo, pode ter certeza de que alguma coisa vai acontecer; fora os sonhos que eu tenho que sempre acontecem e as coisas que eu vejo!
    No começo eu achei estar ficando louca, mas penso que um louco não acertaria tantas coisas da vida dos outros; eu consigo ver a alma das pessoas, o que elas são, pq elas são de tal forma; fora os espíritos ou sei lá o que eu vejo; sempre os sinto perto de mim. Quanto mais eu peço pra não ver, saber, sentir ou ouvir, mais essas coisas acontecem!
    Noite passada eu tive uma sensação que eu nunca tinha sentindo antes, foi a mais forte de todas; eu estava no meu PC, conversando com uns amigos meus e veio como se fosse uma voz, querendo falar comigo, só que eu não dei bola, ignorei o que eu estava ouvindo e de repente alguma coisa me "atravessou" ou me empurrou; sabe, eu quase caí da cadeira eu fiquei apavorada com isso, nunca tinha sentido nada igual!
    Depois disso, eu só vi um vulto e uma voz "da próxima vez me escute"
    Eu comecei a chorar, fique com muito medo!
    E eu sinto que algo vai acontecer!
    Não consigo controlar essas coisas e quanto mais eu peço pra não sentir nada disso, é aí que eu sinto!
    Fora os meus sonhos, que muitas vezes me atormentam muito, as vozes, tudo isso não sei explicar, sei sentir sabe!
    Espero muito que você me ajude. Um "amigo" meu me indicou você, espero que possa me ajudar com isso!
    Muito obrigado!

    Jorge Hessen: Olá, jovem Drika
    Pelo que pude analisar, você não tem conhecimento algum da Doutrina dos Espíritos e convém que tenha, pois é chegada a hora de “estudar” sobre o maravilhoso mundo da mediunidade bem assistida, bem compreendida e assimilada. Para isso, sugiro que procure um Centro Espírita confiável, ou seja, aquele que siga, rigorosa e criteriosamente, os ensinamentos de Allan Kardec, ocasião em que lhe darão importantes instruções a seguir, para que você não seja joguete das forças ocultas que a dominam vez ou outra. Mediunidade sem sofrimento depende de estudo, para que o médium não se desequilibre, espiritual e psiquicamente.
    Fora isso, convém que leia algumas páginas de “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, todas as noites, antes de dormir, para renovar, com bons fluidos, todo o ambiente em que vive e, sobretudo, proteger seu Espírito das investidas dessas forças estranhas no momento em que parte para o mundo dos Espíritos. Ressalto, aqui, que nada adianta purificar o ambiente se somos incapazes de mudar a própria conduta. Uma oração bem sentida, fervorosa, é extremamente importante em todos os momentos da vida, sejam, eles, bons ou maus momentos.
    Portanto, minha irmã, se você seguir os conselhos que, humildemente, sinto-me feliz em lhe dar, uma nova Drika surgirá, mais confiante, mais feliz e mais bem resolvida nas questões que dizem respeito à “bendita” mediunidade que demonstra possuir.
    Que Deus a abençoe agora e sempre!
    Fraternalmente,
    Jorge Hessen