BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 20 de fev de 2010

    CERVEJA E VONTADE


    Ri....: Não consigo parar de beber, não sou alcoólatra, mas não posso ver uma cerveja. É errado? 

    Jorge Hessen: 
     Prezado irmão, vejo nessa sua paixão pela cerveja um mal, porque, em lugar de dirigi-la, você se deixa dirigir por ela, quando diz: não consigo parar de beber ou, então, não posso ver uma cerveja. Daí a se tornar um alcoólatra é um passo. Santo Agostinho, em O Livro dos Espíritos, esclarece-nos: Que aquele que tem vontade séria de se melhorar explore, pois, sua consciência, a fim de arrancar dela as más tendências, como arranca as más ervas do seu jardim; que faça o balanço de sua jornada moral, como o mercador faz de suas perdas e lucros, e eu vos asseguro que a um lhe resultará mais que a outro. Se ele puder dizer que sua jornada foi boa, pode dormir em paz, e esperar, sem receio, o despertar de uma outra vida.”
    Fraternalmente,
    Jorge Hessen