BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 9 de ago de 2010

    DESDOBRAMENTO DEPOIS DA MORTE

    Caro irmão,
    Gostaria muito, caso seja possível, um esclarecimento a respeito do assunto abaixo. Confesso que tenho buscado entender o assunto, mas não acho tão simples, tamanho é o meu desconhecimento sobre tal matéria.
    No cap. 36, do livro NOSSO LAR, André Luiz relata: ...O sonho não era propriamente qual se verifica na Terra. Eu sabia, perfeitamente, que deixara o veículo inferior no apartamento das Câmaras de Retificação, em "Nosso Lar", e tinha absoluta consciência daquela movimentação em plano diverso. Minhas noções de espaço e tempo eram exatas. A riqueza de emoções, por sua vez, afirmava-se cada vez mais intensa. Após dirigir-me sagrados incentivos espirituais, minha mãe esclareceu bondosamente...:
    A pergunta é: O que verdadeiramente André Luiz quis dizer com a seguinte expressão:Eu sabia, perfeitamente, que deixara o veículo inferior no apartamento das Câmaras de Retificação, em "Nosso Lar"...
    Há desdobramento no mundo espiritual? A que veículo inferior ele se referia?
    Muito obrigada e fiquemos com Deus.
    M......

     
    Prezada M..........

    André Luiz descreve um momento de repouso em que seu espírito  deixa  as Câmaras de Retificação e vai ao encontro da mãe  em um outro lugar superior, depois de um dia de imenso trabalho e  ao se recolher com a prece elevada e a consciência do dever bem  cumprido   cria condições apropriadas para  esse  encontro . . Sim há desdobramento no mundo espiritual, como há incorporação mediúnica também neste plano.Ele certamente não trazia as condições ideais em sua bagagem espiritual para ir ao encontro de sua mãe como estava naturalmente em um processo de recuperação poderíamos dizer de convalescença, ,  por isso  vale-se do repouso espiritual como nós encarnados nos valemos do repouso físico e numa espécie de liberdade temporária consegue alcançar as condições propícias para o encontro renovador com sua genitora. O veículo inferior em que ele alude é o seu espirito que podemos analisar como um perispírito(que para nós  permite a união do espírito e corpo, para o mundo espiritual concentra-se em gradações: há perispíritos mais rarefeitos porque estão em condições evolutivas maiores e assim por diante como há os que estão rastejando em condições inferiores)Não sei se fui claro, mas estamos sempre aberto para o diálogo.
    Um grande abraço
    Jorge Hessen