BLOG E SITES

  • LEITORES
  • 9 de ago de 2010

    Não consigo entender como o amor entre duas pessoas pode ser resumido á "elevação de graus espirituais".

    Senhor Jorge Hessen
    Realmente ainda não consegui entender bem essa questão. Pois vamos ao exemplo:

    Eu amo a minha mãe (Eu sei que ela será minha irmã espiritual....estou apenas dando nomes pra vc entender onde quero chegar) , um amor verdadeiro. No PLANO ESPIRITUAL como será? Vamos supor que eu esteja num "plano" superior ao dela...e ai? eu a deixarei para trás como diz a questão 300? ....se ela continuar nos vicios e erros eu posso deixar de ama-la. Então o amor NÃO É ETERNO....certo??


    Outra coisa que me intriga....o aumento do parentesco nao significa perda dos laços familiares? pois se eu estou na encarnação 5000.....eu já tive 5000 mães...certo? isso nao destrói laços?

    Tenho 27 anos....tentei estudar o Espiritismo na adolescência, tudo normal, até chegar nessa questão 300 e na 302. Agora...voltei a estudar, pois minha namorada é médium....mas quando chega nesse ponto eu me bloqueio. Não consigo entender como o amor entre duas pessoas (Falo de amor espiritual mesmo....verdadeiro...) pode ser resumido á "elevação de graus espirituais".


    Muito obrigado pela sua ajuda Jorge....



    Responda quando tiver tempo....


    Abraço


    C.....


    Prezado C........


    Primeiro gostaria de ressaltar que existem outros pontos de extrema lógica nos conteúdos doutrinários. O entendimento da vida sob o prisma espírita é o mais justo e profundo. Não podemos despertar para o entendimento elevado sem nos voltarmos para o problema do sofrimento. Por que uns desfrutam tanto conforto e outros nada, por que uns com perfeita saúde e outros não conseguem nem sentar-se, por que uns com tantas facilidades e outros para conseguirem qualquer coisinha precisam derrubar uma muralha ou uma montanha.? As observações não param aí, em uma infinidades de fatos que nos cercam.Então, o Espiritismo tem uma resposta coerente para tudo.Enfatizei que o que separa as relações de espíritos simpáticos nos planos inferiores são os sentimentos, os comportamentos, a falta de afinidades, porque vivem uma instabilidade emocional. Quando um se eleva suas opções seu mundo íntimo não vibram na mesma dimensão daqueles que continuam no seu mundo de egoísmo e vaidade. Por isso os espíritos responderam"Quando um espírito se eleva já não tem a mesma simpatia por aqueles que deixou para atrás. O graus de elevação não poderá nunca separar ninguém , principalmente aqueles que se unem sob os sacrossantos laços do coração.Os livros epíritas têm numerosos exemplos da renúncia em nome do amor. Um romance para ilustrar o que estou falando é Renúncia de Emannuel. Relata-nos que Alcíone sai das esferas superiores para em nome do amor vir e tentar ajudar um grupo querido de seu coração Como escreve o autor no prefácio"Este é um livro para quem aprecia a experiência da vida através do coração.Nunca a elevação servirá para romper qualquer vínculo sagrado , ao contrário, tudo se harmoniza nas esferas dos sentimentos elevados. abs Jorge Hessen